Aeroporto de Liége, na Bélgica, tem aumento de 2.500% no movimento aéreo

O aeroporto de Liége, na Bélgica, viu o movimento aéreo e de pessoas aumentar mais de 2.500%, depois que passou a receber muitos dos voos agendados para o aeroporto de Bruxelas, alvo de atentados terroristas na última terça-feira (22).

Em declarações à imprensa belga, Chirstian Delcour, representante do aeroporto localizado a aproximadamente 100 quilômetros da capital belga, disse que a situação é excepcional, já que na sexta-feira da semana passada o terminal tinha recebido apenas quatro voos.

"Hoje tivemos mais de 100", disse Delcour, citando o aluguel de carros e o reforço das equipes de funcionários como algumas das alterações necessárias para atender à nova demanda.

Com o reforço da segurança e a maior demora nos procedimentos de check in, os passageiros têm sido aconselhados a chegar quatro horas antes da partida, em vez das duas habituais.

As informações oficiais indicam a suspensão até domingo (27) do tráfego aéreo em Zaventem, o aeroporto de Bruxelas, alvo de duas explosões esta semana. Houve ainda uma outra explosão na estação do metrô de Maelbeek. No toral, 31 pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos