PUBLICIDADE
Topo

Polícia do Amazonas investiga venda de produtos eróticos em escola estadual

Bianca Paiva - Correspondente da Agência Brasil

29/08/2016 19h52

A Polícia Civil do Amazonas investiga a realização de um brechó com produtos eróticos na Escola Estadual Presidente Castelo Branco, em Manaus. A unidade de ensino atende alunos do ensino médio. Em nota, a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente, informou que tomou conhecimento do caso na manhã de hoje (29) e que esteve na escola, acompanhada de representantes do Conselho Tutelar da região, para apurar o ocorrido. O Ministério Público do Amazonas também acompanha o fato e afirmou que notificou a direção da unidade a prestar esclarecimentos. Fotos As investigações foram iniciadas após denúncia e publicação de fotos pela imprensa do estado de estudantes segurando os objetos eróticos. A Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) informou que a escola não organizou o bazar beneficente na sexta-feira (26) . "A quadra da escola foi cedida aos organizadores do evento que solicitaram o espaço à Coordenadoria Educacional e, em nenhum momento, informaram que colocariam em exposição produtos para adultos", declarou em nota. A secretaria disse ainda que, ao tomar conhecimento do fato, a gestora da escola determinou imediatamente a retirada do stand com os produtos. A Seduc acrescentou que todos os fatos serão apurados e tomadas as providências cabíveis.