Sete seções eleitorais são transferidas em Goiânia devido à ocupação de escolas

Danyele Soares - Repórter do Radiojornalismo

Mais de 950 mil eleitores vão às urnas hoje (30) em Goiânia. Desse total, as mulheres são maioria - 521.856 e, ao todo, 2.747 urnas serão usadas neste segundo turno. Na capital goiana, concorrem à prefeitura os candidatos Íris Rezende (PMDB) e Vandelarn Cardoso (PSB). No primeiro turno, Íris obteve 40,47% dos votos válidos e Vanderlan, 31,84%.

Por causa da ocupação estudantil de escolas, institutos e universidades, sete seções eleitorais foram transferidas. Quem votaria no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), deve se dirigir ao Colégio Santo Agostinho, a cerca de 200 metros do IFG.

De acordo com o chefe da Seção de Sistemas Eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Patrício Rios, a mudança no local de votação foi amplamente divulgada pela imprensa. "A transferência dessas seções foi informada pela mídia, está todo mundo sabendo, então não deve haver dúvida. O colégio é bem próximo ao Instituto Federal. O eleitor não deve ter problema."

Ele disse ainda que a votação deve ser rápida. A estimativa do TRE-GO é de que o tempo médio fique em torno de 40 segundos. Foi aproximadamente o que gastou o eleitor Hélio Soares Ribeiro, de 69 anos. Ele chegou cedo ao Colégio Maria Auxiliadora, onde vota. E explicou: "eu vim cedo para poder aproveitar o dia. Acho importante participar. Na próxima eleição, não serei mais obrigado, mas acho que vou votar, porque a gente precisa dar opinião, protestar por meio do voto".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos