Vice-presidente da CBF estava no voo da Chapecoense, confirma assessoria

Vinícius Lisboa - repórter da Agência Brasil

O vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Delfim Peixoto, estava no voo que transportava a delegação da Chapecoense para Medelín, onde seria disputada a final da Copa Sul-Americana. As informações foram confirmadas pela assessoria pessoal de Peixoto, que representava a Região Sul na vice-presidência da confederação e também presidia a Federação Catarinense de Futebol.

O nome de Delfim Peixoto também aparece na lista de passageiros divulgada pela Aeronáutica Civil (Aerocivil) da Colômbia após o acidente. O vice-presidente era um dos convidados da Chapecoense para acompanhar sua primeira final internacional.

O voo seguia da Bolívia para a Colômbia quando caiu na região da Antióquia, nas proximidades da cidade de Medelín. De acordo com autoridades colombianas, mais de 70 pessoas morreram, entre elas jornalistas, jogadores, dirigentes e tripulantes.

A assessoria informou ainda não ter notícias oficiais sobre Delfim, mas manteve contato com o dirigente na noite de ontem, quando foi confirmado que ele embarcaria na aeronave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos