Combates entre grupos islâmicos perto de Damasco matam 95 pessoas

Da EFE

Pelo menos 95 pessoas morreram nas últimas 48 horas em combates entre as principais facções islâmicas dos arredores de Damasco, na Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. As informações são da agência de notícias EFE.

Desses confrontos participam o grupo Exército do Islã, por um lado, e o Organismo de Liberdade do Levante - a aliança do ex-braço sírio da Al Qaeda - e a Legião da Misericórdia, por outro.

Os mortos são oito civis, 32 combatentes do Exército do Islã e 55 milicianos das demais organizações armadas.

Os choques acontecem em diferentes partes de Guta Oriental, a mais importante fortificação opositora dos arredores de Damasco, como Haza, Zamalka, Arbin, Yisrin e o arredor de Saqba.

Os combates começaram na sexta-feira (28), depois que o Exército do Islã atacou as bases de seus adversários nas áreas de Arbin, Kafr Batna, Al Ashari e Haza.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos