Venda de máquinas e equipamentos nacionais tem queda de 4,1%, diz Abimaq

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

As vendas feitas pela indústria brasileira de máquinas e equipamentos continua a apresentar queda no acumulado de 2017. De janeiro até agosto, o setor vendeu R$ 44,1 bilhões, o que representa 4,1% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado.

Os dados divulgados hoje (27) são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Já o resultado no mês de agosto apresentou alta. Foram vendidos em máquinas e equipamentos R$ 6,08 bilhões, 3,9% a mais em relação a julho e 2,6% acima do registrado em agosto de 2016.

De acordo com a Abimaq, a alta no oitavo mês do ano se deu em razão do aumento das vendas para o mercado externo. O resultado negativo do acumulado do ano foi causado principalmente pelo efeito da valorização do Real nas exportações, segundo a entidade.

As vendas do setor para o exterior registraram números positivos em agosto e no acumulado do ano. De janeiro a agosto, foram registradas exportações de R$ 5,64 bilhões, 6,7% acima do realizado no mesmo período de 2016.

Em agosto, as vendas para o exterior foram de R$ 835,5 milhões, 14,9% acima do registrado em julho e 19,9% acima em relação a agosto do ano passado.

O setor estava empregando, no final de agosto, 288,395 mil trabalhadores, 5,7% a menos do que o registrado no mesmo mês de 2016.

No acumulado de janeiro a agosto, a média de empregados é de 291,104 trabalhadores, 5,6% a menos do que no mesmo período do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos