Confira a programação cultural gratuita em São Paulo no feriado

O feriado prolongado em homenagem ao Dia do Trabalho, celebrado na próxima terça-feira (1º), tem programação nas instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, além de gratuidade nos museus. Há diversas exposições temporárias em cartaz e atividades gratuitas para toda a família.

Museus

O Museu da Imagem e do Som (MIS) comemora o Dia do Trabalho com filmes e exposição fotográfica sobre o tema. A Mostra 1º de Maio apresenta uma seleção de longas metragem com o trabalhador como figura central de tramas clássicas, em diferentes fases da história da sociedade. Serão exibidos os filmes Tempos Modernos, de Charlie Chaplin, São Paulo S.A., de Luís Sérgio Person, e Braços cruzados, máquinas paradas, de Sérgio Toledo Segall e Roberto Gervitz. A entrada para a mostra é gratuita.

O público também poderá conferir as cinco mostras da recém-inaugurada exposição Maio Fotografia no MIS 2018, que inclui JOF, uma grande retrospectiva de José Oiticica Filho; Retraço, que apresenta um amplo panorama da produção de Walter Carvalho, com mais de 80 imagens produzidas ao longo de quase cinquenta anos de sua carreira; Malkovich, Malkovich, Malkovich: homenagem aos mestres da fotografia, do norte-americano Sandro Miller, que traz uma série de fotos do ator John Malkovich em releituras de imagens icônicas; Era preciso esperar para saber, do acervo MIS; e Be Aware da fotógrafa Olga Gaia, selecionada pelo Nova Fotografia 2018.

O MIS abre no sábado (28) das 12h às 21h, e no domingo (29) e terça-feira das 11h às 20h. Na terça, a entrada é gratuita. Na segunda-feira (30), o museu estará fechado.

No domingo, às 16h, a Pinacoteca apresenta a Camerata Cantareira, orquestra de cordas da Faculdade Cantareira, sob direção de Marcelo Jaffé. O repertório contemporâneo inclui música de concerto, música brasileira e obras especialmente escritas para o grupo. Quem visitar a instituição poderá aproveitar para conferir também as exposições, Hilma af Klint: Mundos possíveis; Emmanuel Nassar: 81-18; Arte colonial na coleção da Fundação Nemirovsky; José Antonio da Silva e Chão Comum, de Ana Dias Batista. O museu abre para visitação de sábado a segunda. Na terça-feira, a Pinacoteca estará fechada. No sábado, a entrada é gratuita.

Design Aerodinâmico - Metáfora do Futuro; A Casa e a Cidade - Coleção Crespi Prado e Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB são as exposições em cartaz no Museu da Casa Brasileira, que estará aberto e com entrada gratuita no sábado, dominto e terça-feira das 10h às 18h. No dia 30 de abril (segunda-feira), o museu estará fechado.

O Museu Afro Brasil tem cinco exposições recém-inauguradas: Um Frans, a natureza - Exposição em memória de Krajcberg: Esculturas, relevos e fotografias; Um Deoscóredes - 100 anos do Alapini Deoscóredes Maximiliano dos Santos: Arte e Religiosidade; Os Africanos - O olhar europeu da fotografia contemporânea; África Contemporânea e África e a presença dos espíritos.

Duas delas oferecem homenagens póstumas a dois nomes fundamentais das artes visuais no Brasil no século XX: o pintor, escultor, gravurista e fotógrafo Frans Krajcberg (1921-2017), falecido no ano passado; e Mestre Didi (1917-2013), cujo centenário de nascimento foi celebrado no último dia 2 de dezembro. O museu estará aberto no sábado, dominto e terça-feira. Na segunda, estará fechado. No sábado, a entrada é gratuita.

A Casa das Rosas apresenta no sábado, às 14h30, o recital Expresso Poesia: O stand-up da Casa das Rosas, com o poeta Ni Brisant apresentando sua obra ao público. No dia seguinte, às 15h, acontece a contação de história Drummond: Convite à Preguiça, inspirada na obra infantil de Carlos Drummond de Andrade. O museu estará aberto também no dia 1º de maio (terça-feira), das 10h às 18h. Na segunda, estará fechado.

No Museu do Futebol, o público poderá aproveitar os últimos dias de visitação ao túnel do antigo vestiário, que estará aberto até o domingo. O espaço liga um dos vestiários originais ao gramado. No percurso, um som ambiente reproduz o que jogadores vivenciam antes de partidas - os áudios contêm momentos como preleção, concentração e reação da torcida à entrada em campo. No sábado e domingo, às 11h e às 14h, o historiador Sérgio Paz vai se caracterizar como Charles Miller e acompanhar o público em uma viagem especial pelo túnel e pela história. O museu estará aberto também no dia 1º de maio, das 9h às 18h. Na segunda-feira, estará fechado.

Litoral

A Baixada Santista também terá programação durante o feriado: o Museu do Café, em Santos, está com a exposição itinerante Estação da Língua Portuguesa, que exibe acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução). A instituição estará aberta sábado e domingo e terça-feira. Quem visitar o museu, poderá também conhecer as exposições temporárias Vai um Café? Cafeteiras e Modos de Preparo e Desconstruindo uma Epopéia. Na segunda-feira, 30 de abril, o espaço estará fechado.

Em Bertioga, no sábado, às 15h, o Circuito Cultural Paulista leva o espetáculo circense Um Solo de Três Palhaços, da Cia Tramp de Palhaços, para a Rua Professor Geraldo Rodrigues Montemor, 295. Na história, três primos se reencontram após a morte do avô e, ao analisar objetos e histórias deixadas pelo velho palhaço, redescobrem suas raízes. A apresentação é gratuita.

Bibliotecas

A Biblioteca de São Paulo, na capital paulista, terá programação para todas as idades no feriado. No sábado (28), bebês e crianças com idade entre seis meses e quatro anos poderão participar, às 11h, da atividade Lê no Ninho, que estimula a leitura por meio de livros lúdicos, tablets, contação de histórias e músicas. Das 11h às 13h, os visitantes podem aproveitar o Jogos para Todos!, com oficina de xadrez e partidas entre os participantes. A iniciativa contará com tabuleiros adaptados para pessoas com deficiência visual.

No mesmo dia, às 11h, o programa Segundas Intenções recebe o escritor Ignácio de Loyola Brandão para um bate-papo com o público; às 16h, no programa Hora do Conto, a Cia Os Fabulistas diverte a todos com a história Em férias, de Monteiro Lobato. No domingo, o Lê no Ninho se repete às 11h30. O Sarau na BSP leva literatura, canto e poesia a todos das 14h30 às 16h30, e às 16h, a Hora do Conto apresenta O Monstro Monstruoso na Caverna Cavernosa, de Rosana Rios, com a Cia. Bisclof. Na terça-feira, às 16h, o público poderá assistir à contação da história O Palácio Maravilhoso, de Malba Tahan, com o grupo Histórias em Movimento.

Na Biblioteca Parque Villa-Lobos, os visitantes poderão aproveitar os últimos dias da Exposição-caderno: Villa-Lobos 2015-2017, de Rubens Matuck, com reproduções do caderno de viagem que Matuck elaborou durante suas idas ao Parque Villa-Lobos entre 2015 e 2017. No dia 28, às 10h30, bebês e crianças poderão participar do Lê no Ninho com seus familiares. Das 15h às 17h, o Jogos para todos! também promove oficina de xadrez, e, às 16h, em Hora do Conto, Mirela Estelles e Amarilis Reto contam Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, com interpretação em Libras.

No domingo, o Lê no Ninho acontece às 10h30, e a Hora do Conto, às 16h, conta a história Quando a lua tomou chá de sumiço, de Maria Amália Camargo, com o grupo Recantação. Por fim, no dia 1º de maio, a Hora do Conto apresenta Divina Albertina, de Christine Davenier, com o grupo Arte Negus, às 16h.

Todas as atividades das bibliotecas são gratuitas e não é necessário realizar inscrição para participar.

Oficinas Culturais

Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, o público poderá conferir hoje, às 18h, o espetáculo Famintos, que levanta o questionamento: qual a função do artista na atualidade? Já no dia 30 de abril, às 19h, e no dia 1º de maio, às 18h, o espaço apresenta o espetáculo Muro, do Coletivo Favela em Cena, em que dois pichadores contam histórias de diversos personagens da periferia com muito bom humor e poesia, embalados por uma discotecagem ao vivo. Muro é indicado para maiores de 16 anos.

Também no dia 1º, às 18h, a peça Adoráveis Criaturas Repulsivas convida o público a se aventurar em um circo decadente, cujo dono quer dedetizar o espaço, mas não pode, porque suas únicas atrações são insetos submetidos a precárias relações de trabalho - atividade recomendada para maiores de 14 anos. Todos os espetáculos são gratuitos. O local estará aberto no sábado, segunda e terça-feira. No (domingo), o espaço não abre.

Osesp

No sábado, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo promove recital dedicado ao piano brasileiro com o pianista e compositor André Mehmari apresentando sua série Estudos Brasileiros, com obras de Nazareth, Gnatalli, Guinga e Tia Amélia, além de composições próprias. Mais informações no site.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos