Advogado bêbado bate em carro da PM e é liberado após pagar fiança

Em São Paulo

  • Rafael Andrade/Folha Imagem

Um advogado de 29 anos foi detido após dirigir embriagado, ultrapassar sinal vermelho e bater em uma viatura da Polícia Militar por volta das 6h deste domingo, na Rua da Consolação, no centro de São Paulo. Eduardo Bonilha de Souza foi encaminhado ao 78º Distrito Policial (Jardins), onde foi acusado de embriaguez ao volante e lesão corporal na direção de veículo automotor. O condutor foi liberado após pagamento de fiança de R$ 2 mil.

Segundo o boletim de ocorrência, Souza foi detido em flagrante pelo tenente e pelo cabo da PM que estavam na viatura atingida pelo condutor. Em um Peugeot 206 cinza, o advogado ultrapassou o sinal vermelho na esquina da Rua da Consolação com a Rua Sergipe e atingiu o carro dos policiais, que sofreram lesões leves. Eles foram encaminhados ao Pronto-Socorro da Santa Casa de Misericórdia.

O motorista realizou o teste de bafômetro, que apontou 0,56 miligramas de álcool por litro de ar. É considerado crime de trânsito quando a medição realizada no teste for igual ou superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar. Souza também passou por atendimento médico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos