Militantes de movimentos sociais e do PT começam a desocupar o Planalto

Brasília - Após negociação com ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, e o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), os militantes de movimentos sociais e do PT, que ocupavam o Salão Nobre do Palácio do Planalto, começam a desocupar o local. O grupo, que fez o protesto em resistência ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, promete fazer um ato na Praça dos Três Poderes, em frente ao Planalto.

Os manifestantes participavam da cerimônia de criação de novas universidades e escolas técnicas no Palácio do Planalto, na manhã desta segunda-feira, 9, quando anunciaram a decisão de continuar no salão em um movimento contrário ao impeachment. Depois da negociação com o ministro e o parlamentar, alguns integrantes do grupo mostraram resistência em sair, mas acabaram iniciando a desocupação pacificamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos