Funcionários técnicos da Unesp entram em greve no interior

Sorocaba - Funcionários técnicos e administrativos da Universidade Estadual Paulista (Unesp) entraram em greve nesta terça-feira, 24, por reajuste de salários em cinco unidades do interior de São Paulo.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Unesp, a paralisação atinge os câmpus de Botucatu, Bauru, Assis, Marília e Ourinhos. Foram afetadas principalmente atividades em setores da administração e de apoio técnico.

Os trabalhadores reivindicam 9,34% de reajuste salarial, 3% de reposição de perdas e aumento nos vales, congelados desde 2013. O Conselho de Reitores das Universidades ofereceu reajuste de 3%, causando desagrado à categoria, segundo o sindicato. De acordo com a Unesp, a greve é pontual e não afeta as aulas. A universidade informou que está aberta ao diálogo e que as reivindicações apresentadas nas unidades foram encaminhadas às reitorias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos