Policiais federais vasculham sede da Eletronuclear, no centro do Rio

Rio - Policiais federais vasculham, desde as 6h desta quarta feira, dia 6, a sede da Eletronuclear, na rua da Candelária, no Centro do Rio. A ação faz parte da Operação Pripyat, que tem como foco apurar supostos desvios de recursos nas obras da usina de Angra 3. As investigações são desdobramento, no Rio de Janeiro, da Operação Lava Jato. Até às 10h, os agentes continuavam na empresa.

Os policias federais concentram seu trabalho de busca na sala-cofre, onde ficam guardadas todas as informações digitalizadas da empresa, e na salas de diretores afastados, que estariam lacradas há cerca de quatro meses. Os agentes teriam aguardado um funcionário da área de informática chegar, por volta das 9h, para entrar na sala-cofre.

Nesta manhã, o ex-diretor da empresa Othon Luiz Pinheiro da Silva, que estava em prisão domiciliar, foi preso em sua casa, na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos