Diego Herculano/AFP

Violência no Rio

Motorista do Uber morre em tentativa de assalto no Rio

No Rio

Um motorista do Uber foi morto na noite de sábado (15) após tentativa de assalto em Del Castilho, bairro na zona norte do Rio de Janeiro. Reportagem do "Estado" publicada na última sexta-feira (14) mostrou que, por medo de assaltos, condutores do aplicativo vêm formando grupos de WhatsApp para comunicar emergências e pedir ajuda a colegas.

Testemunhas relataram que duas pessoas em uma moto fizeram vários disparos contra o automóvel Nissan que era dirigido por Ouvídio Francisco da Silva Filho, 55. O motorista levava uma passageira e o filho no banco traseiro do carro, sendo que ela foi ferida levemente com estilhaços. A criança não teve ferimentos.

Silva Filho foi atingido com três tiros e socorrido por um taxista que o levou à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Manguinhos, também na zona norte. Ele morreu no local. A passageira foi encaminhada pela PM ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona norte.

Policiais do batalhão da área (3º BPM, do Méier) foram chamados para atender à ocorrência, que ocorreu na avenida Dom Helder Câmara, perto do shopping Nova América. A DH (Delegacia de Homicídios) da Capital investiga o caso. Procurado, o aplicativo Uber ainda não se posicionou sobre a ocorrência.

Grávida que estava desaparecida é encontrada após 10 dias

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos