Governo da Colômbia vai a Cuba para nova negociação de paz com a Farc

Bogotá - Uma equipe de negociação do governo colombiano vai se encontrar com líderes rebeldes em Cuba neste sábado para tentar elaborar um novo acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O líder da delegação do governo, Humberto de la Calle, disse nesta sexta-feira que o objetivo é voltar de Havana com um acordo que será apresentado à população o mais cedo possível. No dia 2 de outubro, os colombianos rejeitaram o primeiro acordo e os opositores apresentaram uma série de mudanças ao governo de Juan Manuel Santos.

Um novo trato é visto pelo governo e por seus adversários políticos como o único meio de substituir o acordo original, que foi assinado por Santos e pelas Farc em setembro depois de quatro anos de negociações.

"O desafio que nós temos é ver se dá para conciliar os interesses dos opositores e das Farc. Qual é a possibilidade de sucesso? É impossível prever", afirmou de la Calle.

Ele ainda afirmou que espera voltar à Colômbia dentro de alguns dias. "Não acho que vai demorar muito tempo se houver flexibilidade entre os negociadores", disse de la Calle.

Os membros do governo, porém, não sabem dizer quão aberta estará a Farc a ouvir as propostas. Um dos pedidos dos opositores do primeiro acordo é prender os guerrilheiros que forem julgados culpados de atrocidades. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos