Austrália diz ter desarmado plano terrorista que queria explodir Melbourne

Sidney - A Austrália informou ter desarmado uma grande conspiração terrorista inspirada pelo Estado Islâmico que tinha a intenção de implantar explosivos no centro de Melbourne no dia de Natal. Entre os possíveis alvos estavam uma estação de trem e uma catedral.

De acordo com o primeiro ministro Malcolm Turnbull, sete pessoas foram presas em batidas e cinco devem ser acusadas de tramar o ataque, o qual envolveria o uso de dispositivos improvisados. Um chefe de polícia disse que os conspiradores também planejavam usar outras armas depois da explosão, incluindo facas e revólveres.

"Essa é uma das maiores conspirações terroristas que desarmamos nos últimos anos", disse Turnbull.

Em setembro de 2014, o medidor nacional de ameaça terrorista foi elevado para "provável" e, desde então, houve quatro ataques e uma dezena de desarmes de ataques planejados, segundo Turnbull. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos