Gleisi Hoffmann: Não há plano B para o PT, nosso plano é o Lula

Daniel Weterman, enviado especial

Curitiba

  • Nacho Doce/Reuters

    Ex-presidente Lula chega ao prédio da Justiça Federal com a senadora Gleisi Hoffmann

    Ex-presidente Lula chega ao prédio da Justiça Federal com a senadora Gleisi Hoffmann

Favorita para presidir o PT a partir de junho, a senadora paranaense Gleisi Hoffmann afirmou que não há plano B para o partido em uma eventual condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato.

Após a participação dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff em ato de apoio ao petista no Centro de Curitiba, Gleisi disse que, agora, o partido tem o dever de preparar o caminho para que Lula volte a presidir o País.

"Ele já tem preferência nas pesquisas, apesar de toda a desconstrução. Eu acho que esse ato dá mais vigor", disse a parlamentar ao Broadcast Político.

A senadora afirmou que Lula tem a confiança de "grande parte" do povo brasileiro. "E, para consertar o Brasil, nós temos o dever de preparar o caminho para que Lula seja presidente novamente", declarou.

Gleisi foi indicada pela corrente majoritária do PT, a Construindo um Novo Brasil (CNB), para concorrer à presidência nacional do partido e é apoiada por Lula na disputa. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) foi indicado pela corrente Muda PT e já declarou que Gleisi tem a maioria dos votos para o cargo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos