Operação Lava Jato

Bens de Youssef vão novamente a leilão com 50% de desconto

São Paulo

  • Ueslei Marcelino/Reuters

    O doleiro Alberto Youssef

    O doleiro Alberto Youssef

Avaliados em mais de R$ 8 milhões, 81 imóveis do ex-doleiro Alberto Youssef, apreendidos pela Operação Lava Jato, vão a leilão novamente. Agora, pela metade do valor da avaliação judicial.

O primeiro leilão começou em setembro e foi até esta segunda-feira (16), mas sem grande sucesso: apenas um imóvel foi vendido, pelo lance de R$ 120 mil.

Agora, com ofertas disponíveis até 30 de outubro, vão a leilão 73 apartamentos do Hotel San Diego Express Aparecida, localizado na cidade de Aparecida (SP), com lances iniciais de R$ 60 mil cada.

Além disso, outros oito imóveis de um hotel em Salvador estão à venda, com preços iniciais de R$ 52.274,26.

No despacho em que determina o leilão, o juiz federal Sergio Moro diz que a arrecadação com a venda será depositada em Juízo até nova decisão. O texto também aponta que, no acordo de colaboração, Youssef renunciou seus direitos sobre os bens.

Condenado a mais de 110 anos de prisão, o ex-doleiro cumpre pena em regime aberto.

Os lances podem ser feitos pela internet, no site Canal Judicial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos