Cratera de 7 m se abriu em local de obra de túnel paralisada em Petrópolis (RJ)

Roberta Jansen

Rio

  • Pedro Teixeira/Agência O Globo

Uma cratera de cerca de 7 m de profundidade abriu-se nesta terça-feira (7) ao lado da pista da BR-040 (Rio-Petrópolis) e causou desmoronamentos de casas em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro (veja vídeo abaixo). Outras 50 residências foram interditadas pela Defesa Civil --ao menos 129 moradores estão desalojados-- e a Escola Municipal Leonardo Boff também foi desocupada. O incidente também interrompeu o trânsito na estrada, que liga a capital à cidade serrana. Não há relatos de feridos.

A Defesa Civil investiga as causas da abertura do buraco ao lado da pista de descida para o Rio. No local, a Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio de Janeiro (Concer) estava construindo um túnel de 5 km de comprimento, como parte das obras de duplicação da pista. Os trabalhos, no entanto, foram abandonados há mais de um ano por falta de verbas.

Por meio de nota, a Concer disse que presta assistência às famílias afetadas na comunidade do Contorno, situada no km 81 da BR-040, no sentido RJ. Segundo a concessionária, o local passa por avaliação técnica. "Ainda é prematuro apontar a causa ou as causas do incidente", diz a Concer. O grupo diz que um sistema de pare-e-siga ocorre entre os kms 78 e 81 da pista sentido Juiz de Fora e dura em média 20 minutos para cada sentido.

Pedro Teixeira/Agência O Globo

O prefeito de Petrópolis, Bernardo Rossi (PMDB), disse que a abertura da cratera foi "um desastre humano, ambiental e ecológico". O prefeito afirmou que já entrou em contato com os ministérios dos Transportes e da Integração Nacional, além da Agência Nacional de Transportes Terrestres, pedindo atenção à situação.

Rossi pediu também ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que concedeu uma licença ambiental para a obra, que faça uma vistoria no local. O Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia (Crea) também esteve no local na manhã desta terça para emitir um laudo.

Em nota, a prefeitura informou que ingressou com uma ação civil pública na 4ª Vara Cível reivindicando que a Concer arque com a realocação das famílias. 

A pista da BR-040 na altura do local da abertura do buraco foi totalmente interditada. A estrada também foi fechada para o trânsito de veículos pesados a partir do quilômetro 21 - com o desvio sendo feito pela Rodovia Presidente Dutra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos