Dúvida sobre cunho político da intervenção no Rio é razoável, diz Torquato

Daniel Weterman

São Paulo

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou nesta quinta-feira, 22, que é "razoável" a dúvida sobre um possível cunho político da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Após ser decretada pelo presidente Michel Temer, aliados do emedebista chegaram a afirmar que a medida iria trazer benefícios a uma eventual candidatura de Temer à reeleição.

"A dúvida é razoável", disse o ministro, quando perguntado sobre como garantir efetividade dos resultados à população frente a especulações de motivações políticas.

Jardim enfatizou que há um empenho do presidente Michel Temer e do governador do Rio, Luiz Fernado Pezão (MDB), para oferecer respostas à sociedade. "Esperamos, ao final do ano, responder a essa pergunta", complementou o ministro.

O ministro disse ainda que a intervenção "certamente" vai colaborar para combater a corrupção das forças de segurança no Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos