PUBLICIDADE
Topo

'Quanto tempo mais passa pior o resultado', diz Janot sobre caso Marielle

Fausto Macedo e Julia Affonso

30/03/2018 21h49

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot cobrou celeridade da investigação sobre os assassinatos da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes. "16 dias e nenhum resultado, nem preliminar, da investigação da execução de Marielle."

Marielle e Anderson foram executados a tiros na noite de 14 de março no centro do Rio. Ela tinha uma atuação importante na defesa de direitos humanos e vinha criticando publicamente a conduta de policiais militares nas comunidades.

"Quanto tempo mais passa pior o resultado.", alerta Janot.