Crescimento de Marina não é fruto da prisão de Lula, avalia Miro Teixeira

Lígia Formenti

Brasília

  • ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDO

    23.mar.2018 - Pré-candidatada à Presidência pela Rede, Marina Silva participa de evento em SP

    23.mar.2018 - Pré-candidatada à Presidência pela Rede, Marina Silva participa de evento em SP

O deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) afirmou estar entusiasmado com os resultados apontados pelo Datafolha. A pesquisa divulgada neste domingo (15) mostra que, nos cenários em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não concorre ao Planalto, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) ficam tecnicamente empatados na liderança.

Bolsonaro tem 17% das intenções de voto. Marina, por sua vez, oscila entre 15% e 16%. "Agora é preciso trabalhar, mostrar o que ela fará pelo País", disse o deputado da Rede.

Leia também:

Para Miro, não há como fazer uma associação entre o crescimento de Marina nas pesquisas com a prisão do ex-presidente Lula. Na avaliação do deputado, o destaque obtido por Marina no levantamento é resultado exclusivo de toda trajetória da ex-ministra e senadora. "Além disso, até pouco tempo, poucos sabiam que Marina sairia candidata. Isso mudou com o lançamento da sua candidatura na convenção realizada há poucos dias", completou.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pela candidata da Rede, reconheceu Teixeira, é o pouco tempo de propaganda eleitoral. "Mas vamos compensar, com atuação nas redes sociais." Para o deputado, a boa colocação nas pesquisas trará benefícios para o partido como um todo. Isso porque, emendou, há maiores chances de composições e coligações nos estados, nas demais disputas eleitorais.

A nova pesquisa Datafolha, que foi feita entre quarta, 11, e sexta-feira, 13, teve como base 4.194 entrevistas em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob número BR-08510/2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos