Topo

Bolsonaro diz desconhecer investigação sobre Paulo Guedes, alvo de inquérito aberto pela PF

Sergio Moraes/Reuters
Imagem: Sergio Moraes/Reuters

Constança Rezende

Em Resende (RJ)

01/12/2018 14h36

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse desconhecer o inquérito aberto pela Polícia Federal sobre o seu futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Após participar de uma formatura de cadetes aspirantes a oficial do Exército, na Aman (Academia Militar das Agulhas Negras), em Resende, no sul fluminense, ele respondeu com irritação a questão. A Polícia Federal analisa se Guedes cometeu irregularidades na gestão financeira de fundos de investimento.

"Desconheço investigação sobre Paulo Guedes. Eu integro o Poder Legislativo e integrarei o Executivo. Isso compete ao Judiciário", respondeu.

Bolsonaro também comparou o caso com o processo aberto contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal) por apologia ao crime de estupro e injúria. O processo foi aberto após o presidente eleito ter dito que a deputada Maria do Rosário (PT-RS) não merecia ser estuprada porque ele disse que a considera "muito feia" e "não faz" seu "tipo".

"Eu sou réu no STF, e daí? Vão me questionar agora? Eu defendi uma condenação para estuprador e acabei sendo réu no processo. É justo isso? O povo entendeu que era uma injustiça que estavam fazendo comigo, tanto é que votou em mim", alegou.

O presidente eleito, no entanto, afirmou que qualquer robustez em denúncias contra ministros levará ao afastamento, "independentemente de quem seja".

Mais Notícias