Conheça as 10 tecnologias que mudarão o mundo em 2016

ROMA, 27 JUN (ANSA) - Dos carros sem motoristas à internet das coisas e dos órgãos em chips a bactérias que se transformam em "fábricas": essas são algumas das tecnologias emergentes de 2016 que mudarão o mundo, melhorando a nossa vida cotidiana, transformando os processos produtivos nas indústrias e contribuindo para a melhoria do planeta.   


As 10 novas tecnologias foram anunciadas pelos especialistas do Fórum Econômico Mundial e publicadas pela publicação científica "Scientific American". Confira quais são elas: Internet das coisas a nível nano - Até 2020, serão 30 bilhões os microsensores - localizados em carros, termostatos, fechaduras, coleiras de animais e vários outros locais - que estarão conectados em rede e conseguirão transmitir informações um para o outro.   


No entanto, a grande novidade da chamada internet das coisas será com a criação e a produção em grande escala de nanosensores, que poderão circular no corpo humano ou até estar dentro de materiais de construções. Conectados entre si, esses sensores nanométricos poderão revolucionar vários setores, da medicina à arquitetura, da agricultura à produção de remédios.   


Novas baterias - Um dos maiores obstáculos na difusão de energias renováveis, como a solar e a eólica, é a imprevisibilidade entre a sua oferta e a sua demanda, ou seja, muitas vezes o tempo está propício para uma grande produção de energia que passa a ser mais do que a necessária naquele momento para aquela região e que se perde ao tentar ser armazenada. O contrário, onde o tempo ruim não ajuda na produção suficiente para determinado momento também acontece.   


Para ajudar nesse armazenamento, tecnologias para a criação de baterias mais potentes e menos nocivas ao meio-ambiente à base de zinco, sódio e alumínio estão progredindo recentemente. Já pode-se criar, por exemplo, baterias adaptadas a pequenas redes elétricas que conseguem oferecer energia até para comunidades que antes estavam desconectadas.   


A tecnologia do Blockchain - Outra tecnologia abordada como do futuro é o Blockchain, um registro ou livro-razão online disponível a todos os participantes desse sistema virtual que reúne uma rede de transações e de pagamentos realizados com a moeda eletrônica Bitcoin.   


Cada vez mais um número maior de pessoas e de grandes companhias, como Google, Microsoft e IBM, estão desenvolvendo iniciativas de Blockchains e percebendo o poder e o impacto positivo que essa tecnologia poderá ter para mudar os mercado e a suas gestões, além de melhorar a privacidade e os problemas relacionados à segurança nas compras online. Esses projetos podem também ser úteis e decisivos para simplificar e facilitar ações como a venda de propriedades e a realização de contratos.   


Materiais em 2D - Uma nova classe de materiais que contam com apenas uma camada de átomos está sendo considerada como uma das principais tecnologias desse tempo. Um exemplo de material em 2D, como são chamados, pode ser o grafeno, feito a partir do carbono e que é mais forte que aço, mais resistente que diamante, super flexível, super leve, transparente e um veloz condutor elétrico.   


Além dele, outros materiais como o siliceno (do silicone) e o fosforeno (do fósforo), conseguem ser aplicados em vários setores e poderão ser no futuro próximo mais fáceis e rápidos de serem produzidos.   


Carros sem motoristas - A difusão de carros que não precisam de motoristas para se deslocar irá aumentar gradualmente junto com a tecnologia que garantirá a segurança desses veículos e com a introdução de normas e leis que regularão a circulação desses carros nas estradas. Eles também poderão ser extremamente úteis em populações mais velhas que não querem ou não podem mais dirigir e na prevenção de acidentes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos