PUBLICIDADE
Topo

Após tumulto, horário de velório de Maradona é estendido

26/11/2020 17h06

BUENOS AIRES, 26 NOV (ANSA) - Após uma confusão entre a polícia argentina e os fãs de Diego Armando Maradona em Buenos Aires, o horário do velório do craque foi estendido até às 19h (horário de Brasília) e o caixão com seu corpo foi levado para uma sala privada, informou a TN TV.   


Uma multidão está concentrada em frente à Casa Rosada, sede da presidência da Argentina, e faz fila para dar seu adeus ao ex-jogador, morto na última quarta(25), aos 60 anos de idade, vítima de uma parada cardiorrespiratória.   


Os portões do local, porém, foram fechados provisoriamente porque há tumulto na entrada do palácio. Muito gente estava querendo entrar ao mesmo tempo. A polícia tenta conter a confusão e interrompeu a longa fila para ter acesso à cerimônia.   


Segundo a imprensa argentina, diversas pessoas reagiram atacando objetos e derrubando barreiras de metal, enquanto que as autoridades utilizaram cassetetes, bombas de gás lacrimogêneo e armas com balas de borracha.   


O sepultamento está previsto para acontecer no fim do dia, no cemitério privado Jardín Bella Vista, na província de Buenos Aires.   


Itália - A embaixada da Itália em Buenos Aires prestou sua última homenagem a Maradona, ao entregar uma camisa do Napoli, clube italiano no qual o argentino é considerado um dos maiores ídolos - se não o melhor -, para ser colocada em cima de seu caixão.   


O uniforme foi depositado ao lado das camisas da seleção argentina, do Boca Juniors e Argentinos Juniors, por uma das filhas de Maradona. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.