PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Itália identifica caso de variante Ômicron na região do Vêneto

03/12/2021 17h02

ROMA, 3 DEZ (ANSA) - As autoridades sanitárias da Itália identificaram nesta sexta-feira (3) mais um caso da Ômicron, nova variante do coronavírus Sars-CoV-2, na região italiana do Vêneto.   

A cepa, identificada inicialmente na África do Sul, foi sequenciada no material genético de um morador de Vicenza de 40 anos, que atualmente não apresenta sintomas, pelo laboratório do Instituto Zooprofilático de Veneza.   

O caso foi anunciado pelo governador do Vêneto, Luca Zaia, que revelou que os familiares do homem - esposa e dois filhos - também já foram submetidos a exames para detectar a Covid-19.   

Todos contraíram a doença e estão em isolamento.   

O homem, que está vacinado, testou negativo em um primeiro exame feito logo após retornar de uma viagem de negócios à África do Sul. No entanto, dias depois começou a perceber alguns sintomas leves e fez um segundo teste, que deu positivo.   

"Estamos em alerta total em toda a frente e essa novidade, não bonita mas esperada, demonstra que a rede de controles, testes e sequenciamento funciona de forma eficaz. Estamos fazendo o máximo esforço com uma média diária de cerca de 100 mil testes e com um sistema de sequenciamento eficiente como o do ISS (Instituto Superior de Saúde). Continuaremos com esse esforço de controle e prevenção que foi, é e será fundamental", concluiu Zaia.   

O primeiro caso da variante Ômicron na Itália foi detectado no último dia 27 de novembro em um paciente natural da Campânia, no sul do país. Ele apresenta sintomas leves e foi colocado em isolamento após testar positivo em um exame PCR. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.