Estudante é detido em Ludwigsburg sob suspeita de preparar atentado

Polícia encontra munição, facas, produtos químicos e instruções para fabricação de bombas na casa do adolescente e suspeita que ele planejava ataque à escola. Jovem e autor do atentado de Munique tiveram contato.

Um adolescente de 15 anos foi detido na região de Ludwigsburg, no sudoeste da Alemanha, sob suspeita de preparar um ataque homicida, comunicou a polícia alemã nesta quarta-feira (27/07). Na casa dele, a polícia encontrou munição, facas, produtos químicos e instruções para a fabricação de explosivos.

Em comunicado, o Ministério Público de Stuttgart e a polícia de Ludwigsburg informaram que os planos do adolescente foram descobertos graças a uma testemunha que chegou ao adolescente por meio de um fórum de internet sobre jogos de combate para computador.

"O menino de 15 anos tinha publicado fotos e desenhos que apontavam para um possível ataque homicida", contou a testemunha à polícia. As fotos foram apagadas do fórum há poucos dias, acrescentou.

Durante a investigação, autoridades descobriram que houve contato pela internet entre o jovem de Ludwigsburg e o autor do ataque num centro comercial na capital bávara, que resultou na morte de nove pessoas, na sexta-feira passada. Assim como o atirador de Munique, o jovem de Ludwigsburg também esteve numa clínica psiquiátrica.

Ao ser interrogado, o adolescente confessou que, há algum tempo, teve momentos em que pensou em cometer um ataque sangrento porque tinha problemas pessoais e na escola, mas garantiu que tinha se "distanciado" dessa ideia em janeiro. O jovem disse que sofreu bullying na escola.

Segundo o relatório policial, na operação de busca e apreensão na residência do jovem foram encontrados "um grande número de balas de pequeno calibre, várias facas, um punhal, planos de fuga da escola na qual estuda e grandes quantidades de produtos químicos, materiais e instruções para a fabricação de explosivos".

A constelação recorda a tragédia envolvendo Tim K., que matou 15 pessoas dentro de sua antiga escola, em Winnenden, perto de Stuttgart, em março de 2009. O adolescente cometeu suicídio. A tragédia de Winnenden teria sido pesquisada pelo autor do ataque em Munique, segundo autoridades alemãs.

PV/efe/dpa/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos