Mesquita é alvo de bomba em Dresden

Explosivos atingem templo frequentado pela comunidade muçulmana turca e centro de convenções na cidade no leste da Alemanha. Autoridades acreditam em motivação xenófoba e reforçam segurança.Uma mesquita e um centro de convenções em Dresden, no leste da Alemanha, foram alvo de ataques a bomba na noite desta segunda-feira (26/09). Ninguém ficou ferido. O ministro do Interior, Thomas de Maizière, classificou os incidentes de "ultrajantes", lamentando uma agressividade crescente contra muçulmanos no país. O ministro da Justiça, Heiko Maas, declarou que os ataques são "chocantes" e precisam ser esclarecidos. A polícia acredita que a motivação tenha sido xenófoba e que haja uma conexão entre as duas explosões. Ninguém reivindicou os atentados até o momento. A porta da mesquita, frequentada pela comunidade turco-islâmica, foi empurrada para dentro com a explosão, às 21h53 (hora local). Ocorrido poucos minutos depois, o ataque no International Congress Center destruiu um cubo de vidro no terraço do local. Investigadores encontraram restos de bombas caseiras nos dois locais. As autoridades também supõem que os ataques estejam relacionados às comemorações do Dia da Unidade Alemã, no próximo 3 de outubro. O presidente alemão, Joachim Gauck, deve ser recebido no terraço do Congress Center no feriado. Stanislaw Tillich, governador da Saxônia, estado onde Dresden está localizada, afirmou que os atentados não foram apenas contra a liberdade religiosa e os valores de uma sociedade esclarecida. A intenção era matar as pessoas que vivem na mesquita, disse. O imã, sua esposa e os dois filhos estavam no local no momento da detonação. Os autores dos ataques precisam ser identificados e punidos, disse o secretário do Interior da Saxônia, Markus Ulbig, classificando os incidentes de "covardes". A polícia reforçou a segurança na mesquita atingida e em mais uma na cidade e também num centro islâmico. LPF/dpa/epd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos