PUBLICIDADE
Topo

1945: Tomada da ponte de Remagen

Sybille Golte (rw)

07/03/2018 06h26

1945: Tomada da ponte de Remagen - No dia 7 de março de 1945, tropas americanas conquistam a ponte ferroviária Ludendorff, em Remagen, Oeste alemão, a única intacta sobre o Reno. As demais foram explodidas pelos nazistas para conter avanço dos aliados.A pequena cidade de Remagen, no oeste da Alemanha, ficou conhecida mundialmente através de um filme de Hollywood baseado na história real. No começo de 1945, os alemães cometeram o erro de deixar um flanco aberto a oeste do rio Reno e foram sendo derrotados sistematicamente. Os remanescentes de suas forças se concentraram na margem direita.

Todas as pontes do Reno tinham sido explodidas para evitar que os inimigos chegassem até a outra margem. Mas a má qualidade do explosivo não destruiu completamente a ponte Ludendorff, em Remagen, que foi usada por um destacamento do Exército dos Estados Unidos.

O Terceiro Exército, comandado pelo general George Patton, cruzou o rio em operações audaciosas, não previstas pelas lideranças militares alemãs, numa ofensiva que ajudou a encurtar a guerra significativamente. No dia 17 de março, a ponte ruiu definitivamente.

Os cinco oficiais alemães responsáveis pelo controle da ponte foram julgados e executados por ordem de Hitler. O único que sobreviveu foi o tenente Bratke, professor em Remagen, tomado como prisioneiro pelos americanos.

Em 23 de março, o marechal britânico Montgomery comandou a travessia do rio, a partir do norte, numa imponente operação militar. Ela envolveu tropas num total superior a um milhão de homens, duas divisões de paraquedistas lançadas diretamente sobre o outro lado do rio, além de milhares de embarcações pequenas transportando tropas de assalto.

O colapso da Wehrmacht de Hitler começou a ser formalizado através de rendições sucessivas. Hitler suicidou-se em Berlim em 30 de abril e, na semana seguinte, o comandante das forças do norte da Alemanha se rendeu a Montgomery.

A conquista da ponte de Remagen tornou-se um mito para os americanos. Ainda hoje, os veteranos vêm visitar o Museu da Paz, construído junto a uma das torres da antiga ponte sobre o Reno, jamais reconstruída.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App




Autor: Sybille Golte (rw)