Vala com 30 corpos de membros de minoria é encontrada no Iraque

Em Mossul

Pelo menos 30 corpos de cidadãos yazidis foram encontrados nesta segunda-feira (2) em uma vala comum, onde foram enterrados pelo radical Estado Islâmico (EI), ao sudoeste do distrito de Sinjar, na província de Ninawa, no norte do Iraque.

Em declarações à Agência Efe, um membro das forças de proteção de Sinjar (combatentes da seita yazidi), Lokman Kali, explicou que encontraram hoje os corpos dos civis, que aparentemente morreram no último dia 3 de agosto, quando os jihadistas ocuparam a região perseguindo essa minoria iraquiana.

Entre os corpos, há quatro crianças e nove mulheres, acrescentou a fonte, que disse que esses yazidis foram assassinados a tiros e enterrados em um vale que pertence à área de Jansur, ao sudoeste de Sinjar.

Um comitê especializado se deslocou até o local para apurar as circunstâncias deste novo massacre cometido contra os yazidis, que formam uma minoria religiosa curda.

Os extremistas do EI tomaram o controle da cidade de Sinjar no último dia 3 de agosto, provocando o deslocamento de milhares de famílias yazidis, que fugiram da cidade para escapar dos jihadistas.

No último dia 10 de junho, o Estado Islâmico já havia ocupado Mossul, a segunda maior cidade do país, e estabelecido um califado nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria, onde implementou uma interpretação radical da lei islâmica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos