Atentado contra hotel na capital da Somália deixa 12 mortos

Mogadíscio, 26 fev (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram e outras dez ficaram feridas em um atentado com carro-bomba cometido pelo grupo jihadista Al Shabab contra um hotel no centro Mogadíscio, a capital da Somália, informaram fontes de segurança.

Al Shabab reivindicou o ataque realizado por volta das 19h (horário local, 13h de Brasília) contra o hotel Somali Youth League, conhecido como SYL, muito próximo à sede do governo somali.

Os radicais detonaram o carro-bomba em jardins situados junto ao hotel, um lugar de lazer popular entre membros do governo e empresários da capital somali, segundo a Agência Nacional de Inteligência e Segurança da Somália (NISA).

Em seguida, entraram no interior do hotel abrindo fogo, segundo o site do jornal somali "Horseed Media".

Os terroristas, dos quais quatro morreram durante o atentado, utilizaram outros tantos artefatos explosivos, segundo a agência governamental.

Durante a operação de resgate morreram dois soldados somalis, indicaram as mesmas fontes.

O grupo terrorista, que aderiu formalmente à Al Qaeda em 2012, luta para instaurar um Estado islâmico de personalidade wahhabista na Somália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos