Atentado suicida deixa ao menos 12 mortos e 40 feridos no Afeganistão

Em Cabul

Pelo menos 11 civis morreram e outras 40 pessoas ficaram feridas neste sábado (27) em um atentado cometido por um terrorista suicida, que também morreu na ação, perto de um mercado na província de Kunar, no leste do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

O atentado aconteceu por volta das 9h30 locais (2h de Brasília) na capital provincial, Asadabad, em uma área situada em frente a um mercado "movimentado", próxima do quartel-general da polícia e do escritório do governador regional, relatou o porta-voz deste, Abdul Ghani Musamem.

A fonte detalhou que um ancião tribal, Haji Khanjan, morreu no ataque e não descartou que esses líderes fossem o alvo da ação, já que os mesmos costumam comparecer diariamente ao escritório do governador.

Os feridos foram transferidos para hospitais da região e os mais graves "possivelmente" serão levados à província vizinha de Nangarhar, segundo a fonte.

Algumas barracas do mercado ficaram danificadas por causa da explosão, que destruiu várias janelas e atingiu também veículos que estavam na área, segundo o porta-voz.

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria da ação.

Este é o segundo ataque dessas características esta semana no país, depois que 16 pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas na última segunda-feira em um atentado suicida dos talibãs contra um grupo de policiais na província de Parwan, também no leste afegão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos