Aviões bombardeiam áreas na Síria em segundo dia de trégua

Da EFE, em Beirute (Líbano)

  • AFP

    Bombardeios vistos no primeiro dia do cessar-fogo em Tel Abyad voltaram a acontecer em outras localidades da Síria

    Bombardeios vistos no primeiro dia do cessar-fogo em Tel Abyad voltaram a acontecer em outras localidades da Síria

Aviões de guerra, de origem desconhecida, bombardearam neste domingo regiões do norte e do oeste da província de Aleppo (norte do país) e do sul da região central de Hama, no segundo dia do cessar-fogo, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os aviões tiveram como alvo as localidades de Dara Aza, Qabtn al Jabal, Hreitan, Andam, Maaret al Artiq e Kafr Hamra, em Aleppo, enquanto em Hama atacaram a cidade de Hirbnafsa.

Nessas regiões está presente a Frente al Nusra, braço sírio da Al Qaeda, mas também atuam outras facções de tendência islâmica e brigadas do Exército Livre Sírio (ELS).

Como consequência dos ataques aéreos um jovem morreu em Qabtan al Jabal.

Nas imediações de Hirbnafsa, explodiram, além disso, confrontos entre as forças leais ao regime sírio e grupos armados islâmicos, nos quais o Exército está usando artilharia.

As autoridades também combatem em Hama contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no povoado de Al Tiba.

A cidade de Al Raqqa, principal reduto do EI na Síria, também foi alvo de bombardeios.

Tanto o EI como a Frente al Nusra estão excluídos do acordo de cessar-fogo, fechado por Rússia e EUA, e aceito pelo governo e a principal aliança opositora síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos