EI assume autoria de duplo atentado em distrito xiita de Bagdá

Bagdá, 28 fev (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do duplo atentado no distrito de maioria xiita de Cidade Sadr, no leste de Bagdá, que deixou pelo menos 24 mortos neste domingo, segundo informou a agência "Amaq", vinculada à organização jihadista.

A agência acrescentou que duas "operações" realizadas por "mártires combatentes do Estado Islâmico" deixaram nessa região um saldo de pelo menos 100 mortos e feridos.

No entanto, em declarações à Agência Efe, uma fonte de segurança rebaixou esse número a 24 mortos e 26 feridos.

A fonte detalhou que uma moto-bomba explodiu no mercado de Mirdi, em Cidade Sadr, o reduto dos seguidores do líder xiita Moqtada al-Sadr, e em seguida um suicida detonou seu colete de explosivos no mesmo local.

A fonte acrescentou que as duas explosões causaram danos materiais em algumas lojas, carros e edifícios próximos, e ressaltou que as forças de segurança isolaram o mercado e transferiram os feridos aos hospitais próximos.

Na quinta-feira passada, pelo menos sete pessoas morreram e outras 31 ficaram feridas em dois ataques suicidas contra uma mesquita xiita de um bairro do noroeste de Bagdá.

Em junho de 2014, o EI tomou o controle de amplas zonas do Iraque e declarou um califado nos territórios que controla neste país e na vizinha Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos