Sobe para 28 o número de mortos no atentado do EI em distrito xiita de Bagdá

Bagdá, 28 fev (EFE).- Pelo menos 28 pessoas morreram e 46 ficaram feridas neste domingo em um duplo atentado suicida no distrito de maioria xiita de Cidade Sadr, no leste de Bagdá, cuja autoria foi assumida pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Por sua parte, a organização jihadista elevou o número de vítimas a 100 pessoas, entre mortos e feridos, segundo a agência de notícias "Amaq", vinculada ao EI.

A fonte de segurança detalhou que uma moto-bomba explodiu no mercado de Mirdi, em Cidade Sadr, o reduto dos seguidores do líder xiita Moqtada al-Sadr, e em seguida um suicida detonou seu colete de explosivos no mesmo local.

A fonte acrescentou que as duas explosões causaram danos materiais em algumas lojas, carros e edifícios próximos, e ressaltou que as forças de segurança isolaram o mercado e transferiram os feridos aos hospitais próximos.

Na quinta-feira passada, pelo menos sete pessoas morreram e outras 31 ficaram feridas em dois ataques suicidas contra uma mesquita xiita de um bairro do noroeste de Bagdá.

Em junho de 2014, o EI tomou o controle de amplas zonas do Iraque e declarou um califado nos territórios que controla neste país e na vizinha Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos