Onda de calor castiga as Filipinas com até 52,3ºC de sensação térmica

Em Manila

  • Bullit Marquez/AP

    Homem se refresca com água de balde em Manila, nas Filipinas

    Homem se refresca com água de balde em Manila, nas Filipinas

Uma onda de calor elevou a temperatura de maneira alarmante nas Filipinas e a cidade Cabanatuan, no norte do país, registrou na terça-feira 52,3ºC centígrados de sensação térmica, informou nesta quarta-feira a Agência Meteorológica do país (PAGASA).

"Na segunda-feira passada registramos 51ºC de sensação térmica e ontem chegou até os 52,3 graus", confirmou à Agência Efe uma porta-voz da seção de Climatologia da PAGASA, Thelma Cinco.

A agência precisou que o grau de calor registrado em Cabanatuan se situou muito perto dos 54ºC, que é considerado um "perigo extremo", por isso que pediu "muita precaução" aos cidadãos.

"Pedimos ao povo que tente não realizar atividades no exterior e, se tiver que fazer, que não seja durante muito tempo e que beba água com muita frequência", advertiu Cinco.

As temperaturas extremas foram sentidas também na segunda-feira em 14 estações meteorológicas da PAGASA de distintas zonas do país, que registraram sensações térmicas de entre 41ºC e 48ºC.

A PAGASA estima que a onda de calor vivida no arquipélago asiático, que em março iniciou seu período de estio, continue durante todo o mês de abril.

A agência meteorológica prevê que em Manila, onde residem mais de 12 milhões de pessoas, a sensação térmica oscile entre os 37,9ºC e os 38,6ºC toda esta semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos