Francês que planejava atentado na Eurocopa de 2016 é detido na Ucrânia

Em Kiev

  • Kenzo Tribouillard/AFP

O Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU, antigo KGB) deteve na fronteira com a Polônia um cidadão francês que levava no carro duas lança-granadas, 125 quilos de explosivos e cinco fuzis Kalashnikov, e que segundo Kiev planejava atentar na Eurocopa que começa nesta semana na França.

"Os alvos eram, por estranho que pareça, uma mesquita, uma sinagoga, uma instituição de arrecadação de impostos, instalações de controle sobre as estradas e muitos outros lugares", indicou nesta segunda-feira em entrevista coletiva o chefe do SBU, Vasyl Grischak.

O detido levava armas para um grupo que planejava realizar cerca de 15 atentados durante a realização da Eurocopa, acrescentou Grischak.

O suposto terrorista chegou à Ucrânia na busca de armamentos, consciente que o país é há pouco mais de dois anos palco de um conflito armado entre as forças governamentais e os separatistas pró-Rússia.

Os serviços de espionagem ucranianos iniciaram a operação, que terminou em 21 de maio com a detenção do suspeito, quando foram informados de que um homem de nacionalidade francesa se interessava pela compra de armas.

As autoridades lhe entregaram "cinco fuzis Kalashnikov, mais de 5 mil projéteis, duas lança-granadas antitanque com 18 projéteis, 125 quilos de TNT, 100 detonadores, 20 capuzes e outros objetos", explicou Grischak.

O chefe do SBU lamentou que ainda não haja uma reação das autoridades francesas, que estavam a par da operação.

"Nós atuamos no marco dos convenções internacionais que preveem a cooperação entre os serviços especiais. Posso dizer que a detenção na fronteira não foi uma surpresa para nossos colegas" franceses, ressaltou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos