Ataque da guerrilha curda mata 4 soldados no sudeste da Turquia

Istambul, 10 jul (EFE).- Um ataque do proscrito Partido de Trabalhadores de Curdistão (PKK), a guerrilha curda, matou quatro soldados e deixou um ferido neste domingo na província de Hakkari, no extremo sudeste da Turquia.

O ataque aconteceu pela manhã em uma estrada entre as localidades de Aktütün e Beyyurdu, uma região montanhosa muito perto da fronteira iraquiana, informaram as forças armadas em nota publicada em seu site oficial.

Um explosivo caseiro colocado como armadilha na estrada explodiu durante a passagem de uma patrulha militar e deixou quatro militares mortos e um ferido, que foi tranferido a um hospital, detalha o comunicado.

A detonação de bombas na estrada durante a passagem de veículos militares é uma das táticas mais frequentes do PKK, que mantém grande presença na província de Hakkari.

No sábado, caças-bombardeiros das forças armadas turcas tinham bombardeado sete supostas posições da guerrilha em regiões montanhosas desta mesma província.

Ao longo da madrugada foi registrado outro ataque do PKK na província vizinha de Van, com a explosão de um carro-bomba contra uma delegacia, indicente que matou dois militares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos