Sobe para 54 o número de mortos pela passagem da tempestade Earl no México

Na Cidade do México

  • Barbara Decor/Xinhua

    Homem observa casas destruídas pela passagem da tempestade Earl na cidade de Chicahuaxtla, no Estado de Puebla, no México

    Homem observa casas destruídas pela passagem da tempestade Earl na cidade de Chicahuaxtla, no Estado de Puebla, no México

O número de mortes provocadas pela passagem da tempestade tropical Earl pelo Estado de Puebla, no centro do México, subiu para 41, com o que já são 54 as vítimas mortais do fenômeno no país, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

"Lamento informar que até o momento o número de mortos pela tempestade tropical Earl é de 41. Meu abraço e apoio para suas famílias", afirmou em sua conta no Twitter o governador de Puebla, Rafael Moreno Valle.

Com isso, o número de mortes causadas pelos efeitos remanescentes da tempestade tropical subiu para 54, das quais 13 ocorreram no Estado de Veracruz.

A estas mortes se soma outra no estado de Hidalgo, que ainda não foi registrada como consequência direta do fenômeno Earl porque resta determinar as causas oficiais da morte.

Em Puebla até 1.600 casas foram atingidas após o deslizamento de colinas na Sierra Norte do Estado, e em Veracruz a apuração oficial contabilizou outros 6.300 imóveis danificados e 32.500 afetados.

"Earl" foi perdendo força em sua trajetória pelo território mexicano, mas desencadeou efeitos remanescentes - caracterizados por fortes chuvas - que provocaram grandes estragos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos