Bombeiros alertam sobre novos riscos por instabilidade do terreno em Amatrice

Amatrice (Itália), 25 ago (EFE).- Os bombeiros que trabalham em Amatrice, na região central da Itália, alertaram nesta quinta-feira sobre os riscos de novos desabamentos durante os trabalhos de resgate das vítimas devido à instabilidade do terreno na cidade que foi devastada pelo terremoto que sacudiu o país ontem.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, Luca Cari, afirmou que foram resgatadas 250 pessoas entre os escombros dos prédios afetados em distintas localidades pelo terremoto de magnitude 6 graus na escala Richter que provocou a morte de pelo menos 241 pessoas.

Hoje, um novo tremor de 4,3 graus provocou a queda de parte da estrutura de uma escola de Amatrice, que fica a cem quilômetros ao nordeste de Roma. O terremoto foi registrado às 14h36 locais (9h36 em Brasília), segundo o Instituto Italiano de Geofísica e Vulcanologia, perto do parque de Amatrice, onde há um alojamento temporário para voluntários que trabalham no resgate.

"Hoje aconteceu um novo desabamento, portanto, existe certa preocupação pela difícil situação na qual estamos porque as equipes de resgate podem estar colocando suas vidas em risco por outros desmoronamentos enquanto buscam por desaparecidos", explicou.

Segundo o porta-voz, há atualmente dois pontos principais de trabalho em Amatrice, um deles no histórico Hotel Roma, onde acredita-se haver pelo menos 70 soterrados. Durante os trabalhos realizados hoje, nenhuma pessoa com vida foi encontrada.

Além disso, teme-se que centenas de desaparecidos estejam sob as ruínas dos edifícios destruídos, já que o centro histórico de Amatrice está completamente devastado.

O último balanço oficial de mortos divulgado pela Defesa Civil indica pelo menos 241 mortos, apesar da perspectiva de um crescimento da quantidade de vítimas nas próximas horas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos