PUBLICIDADE
Topo

Vinte civis morrem em bombardeios turcos no norte da Sírio

28/08/2016 06h51

Cairo, 28 ago (EFE).- Pelo menos 20 civis morreram e 50 ficaram ferida em bombardeios da aviação de guerra turca e de artilharia contra a cidade de Yeb al Kusa, no norte da Síria.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos não descartou que aumente o número final de vítimas devido à gravidade de alguns feridos.

Yeb al Kusa fica a cerca de 14 quilômetros ao sul da cidade de Jarabulus, onde Ancara começou no último dia 24 a operação "Escudo do Eufrates" contra os jihadistas e as milícias curdo-sírias

Em toda esta região do norte da província de Aleppo prosseguem os confrontos entre as tropas turcas e as milícias Conselhos Militares de Jarabulus e Manbech, que contam com o apoio das forças curdo-sírias.

Na periferia de Jarabulus, quatro milicianos do Conselho Militar local morreram neste dia em confrontos e bombardeios.

O Observatório informou que as tropas turcas e os combatentes do rebelde Exército Livre Sírio (ELS), apoiados pelas primeiras, fracassaram em tomar o controle de Al Amarna.

Além disso, aviões de guerra turcos atacaram zonas controladas pelas Forças da Síria Democrática (FSD) e pelo Conselho Militar de Manbech, nos arredores do norte dessa cidade.

A operação turca procura apoiar facções rebeldes sírias próximas a Ancara para impedir que as Unidades de Proteção do Povo controlem a região a oeste do rio Eufrates.