Cerca de 180 mil pessoas estão sem luz na Flórida antes da chegada do Matthew

Washington, 7 out (EFE).- Aproximadamente 180 mil pessoas estão sem energia elétrica no litoral da Flórida, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira, com a aproximação do furacão Matthew, de categoria 4, que com ventos máximos constantes de 210 km/h e que pode tocar a terra nas próximas horas.

De acordo com a companhia Flórida Power & Light, a principal elétrica do estado, por volta da 1h (hora local), 179.980 pessoas estavam sem luz, a maioria em Palm Beach (71.010) e Martin (26.430).

Um número que somado aos 88.660 que já tiveram o serviço restabelecido, chega a um total de 268.640 afetados pelo Matthew, um furacão que segundo o governador da Flórida, Rick Scott, representa uma ameaça "mortal" para os cidadãos.

O Matthew avança cerca de 20 km/h em direção ao noroeste e se mantém como furacão de categoria 4 de um máximo de 5 na escala Saffir-Simpson, com ventos máximos constantes 210 km/h.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês), "ventos com força de tempestade tropical" estão sendo sentidos ao longo de toda a costa leste da Flórida.

O presidente dos EUA, Barack Obama, assinou nesta quarta-feira uma declaração de emergência para os estados da Flórida, Carolina do Sul e Geórgia que permite destinar ajuda federal para lidar com as "condições de emergência" provocadas pelo Matthew.

Em sua passagem pelo Haiti, o furacão Matthew (que também impactou em Cuba e Bahamas) causou pelo menos 283 mortes, segundo o governo desse país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos