Realizada missa em memória de família colombiana achada morta em Sydney

Sydney (Austrália), 23 out (EFE).- Membros da comunidade hispano-americana em Sydney se reuniram neste domingo na catedral Saint Mary para a celebração de uma missa em memória de uma família colombiana, cuja trágica morte se atribui à inalação de gás.

As autoridades encontraram na segunda-feira passada os corpos dos quatro membros da família Manrique Lutz em sua casa do bairro de Davidson, no norte da cidade australiana.

As vítimas foram identificadas como Fernando Manrique, de 44 anos; María Claudia Lutz, 43; e seus dois filhos, Elisa de 11 e Martín de 10, que tinham problemas severos de aprendizagem e acredita-se que eram autistas.

A Polícia suspeita que se trata de um caso de homicídio e suicídio e que a família morreu por um ato deliberado de intoxicação por gás na casa, onde também estava morto o cachorro da família e não foram encontrados sinais de violência nem lesões visíveis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos