Deslocados lotam ruas, mesquitas e escolas de bairro no norte de Aleppo

Beirute, 28 nov (EFE).- Milhares de deslocados procedentes da metade leste de Aleppo, no norte da Síria, estão enchendo ruas, mesquitas e escolas do bairro de Al Sheikh Maqsud, no norte da cidade, um setor controlado pelas Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada curdo-árabe.

Um integrante do Conselho da Síria Democrática (CSD), Ahmad Afrach, cuja organização é o braço político das FSD, disse à Agência Efe por telefone que, segundo os números que dispõe, "entre 7 e 8 mil" deslocados chegaram a Al Sheikh Maqsud.

"Aqui não há presença de nenhuma organização internacional, e tampouco chegou qualquer tipo de ajuda", se queixou Afrach, que destacou que as FSD estão protegendo os civis.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), em torno de 10 mil civis escaparam da metade leste de Aleppo, após o avanço das forças governamentais e das FSD, e se dirigiram a Al Sheikh Maqsud e para áreas em poder das autoridades.

Dessas pessoas, aproximadamente 6 mil se transferiram ao distrito de maioria curdo-síria, de acordo com os números do OSDH.

Os efetivos leais ao presidente Bashar al Assad assumiram o controle do setor norte da metade oriental de Aleppo, após conquistarem vários bairros no nordeste da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos