Dois atentados suicidas em Camarões deixam quatro mortos

Yaoundé, 25 dez (EFE).- Pelo menos 4 pessoas morreram neste domingo no norte de Camarões, em uma zona fronteiriça com a Nigéria, em dois atentados quase simultâneos perpetrados por dois terroristas suicidas, informaram à Agência Efe fontes locais.

No começo da manhã, um terrorista em uma motocicleta detonou uma bomba no centro da cidade de Mora, onde matou duas pessoas e feriu outras duas.

Poucos minutos mais tarde, no município de Godigon, a 10 quilômetros de Mora, outro suicida detonou os explosivos que levava em um mercado e matou dois civis.

Todos os indícios apontam à autoria do grupo islamita nigeriano Boko Haram, que atentou várias vezes em Camarões e outros países vizinhos da Nigéria.

Os Exércitos de Camarões, Benin, Níger e Chade se somaram às operações militares das Forças Armadas da Nigéria para derrotar a milícia fundamentalista, que procura impor a lei islâmica no nordeste da Nigéria e perpetra habitualmente atentados contra civis.

Situada cerca de 40 quilômetros da fronteira com a Nigéria, a cidade de Mora, de cerca de 60 mil habitantes, é o centro operacional das forças armadas cameronesas destinadas a combater o Boko Haram, e abriga milhares de soldados da missão internacional contra os jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos