EI assume autoria do atentado de Bagdá que deixou 28 mortos

Cairo, 31 dez (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu neste sábado a autoria do duplo atentado realizado por dois suicidas no centro de Bagdá que deixou 28 mortos e 53 feridos.

Em comunicado divulgado na internet e cuja autenticidade não pôde ser confirmada, o grupo identifica os dois suicidas como Abu Najaf al Iraqi e Abu Abdelmalek al Iraqi.

A organização explica que os dois agressores carregavam coletes explosivos, que detonaram quando se encontravam entre várias pessoas no bairro de Al Sinak. Na nota, o grupo ameaça continuar os ataques contra os muçulmanos xiitas, os quais considera "renegados".

Os jihadistas do EI já realizaram vários atentados em todo o país, inclusive na capital, desde o começo da grande ofensiva das forças governamentais para expulsar os extremistas de Mossul, principal reduto do grupo no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos