Pelo menos 30 pessoas morrem em bombardeio no nordeste da Síria

Cairo, 28 jun (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram em um bombardeio realizado nas últimas horas por aviões não identificados perto de Al Mayadin, no nordeste da Síria, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O bombardeio aconteceu na área de Doblan, 20 quilômetros a leste de Al Mayadin, na província de Deir ez Zor, cuja maior parte de seu território está controlada pelo grupo Estado Islâmico (EI).

Na última segunda-feira, 57 pessoas morreram, entre elas 42 civis, em um ataque aéreo supostamente realizado pela coalizão internacional contra uma prisão do EI em Al Mayadin, de acordo com o OSDH.

Segundo testemunhas da zona consultadas pela ONG, o número de mortos poderia aumentar porque vários feridos estão em estado grave e porque há vários desaparecidos sob os escombros.

Sem contar as vítimas deste ataque, desde 22 de maio morreram pelo menos 231 civis em bombardeios feitos supostamente pela coalizão internacional, segundo uma contagem publicada hoje pelo Observatório.

A coalizão iniciou sua campanha militar na Síria em 23 de setembro de 2014, quase três meses após a autoproclamação de um califado por parte dos jihadistas neste país e no Iraque.

Atualmente, tal aliança internacional participa junto às Forças da Síria Democrática (FSD), um grupo armado liderado por milícias curdas, no ataque à cidade de Al-Raqqa, a capital de fato do EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos