Polícia colombiana detém 9º suspeito de atentado terrorista em Bogotá

Bogotá, 30 jun (EFE).- As autoridades colombianas detiveram em Bogotá uma nona pessoa acusada de ter participado do atentado terrorista que no último dia 17 de junho deixou três mulheres mortas e oito feridos no shopping Andino, informou nesta sexta-feira o Ministério Público.

"O CTI (Corpo Técnico de Investigação) da procuradoria capturou a nona pessoa vinculada ao atentado", disse a vice-procuradora-geral do país, María Paulina Riveros, em uma coletiva de imprensa na qual esteve acompanhada do prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa, e do diretor da polícia, o general Jorge Hernando Nieto.

A explosão da bomba aconteceu em um dos banheiros do shopping e custou a vida da francesa Julie Huynh, de 23 anos, que trabalhava como voluntária em um colégio público da cidade, e das colombianas Ana María Gutiérrez, de 27 anos, e Lady Paola Jaime, de 31.

Sobre o nono detido, que não teve a identidade revelada, o Ministério Público assegurou ter o material probatório para vinculá-lo com o autodenominado grupo Movimento Revolucionário Popular (MRP), que as autoridades suspeitam estar por trás do atentado.

Por sua vez, o prefeito Peñalosa indicou que as detenções conduzirão a resultados "muito em breve" e destacou que os cidadãos colombianos podem estar tranquilos.

"A nossa democracia e as suas instituições ganharam outra batalha e os cidadãos têm que colaborar", acrescentou, para depois pedir que os moradores de Bogotá retomem suas atividades cotidianos nos espaços públicos sem deixar-se "assustar" pelo terrorismo.

Por outro lado, depois de cinco dias de audiência, o Juizado Penal de Bogotá enviou à prisão os outro oito implicados no atentado no shopping Andino.

Os envolvidos, quatro homens e quatro mulheres, deverão responder pelos crimes de terrorismo, associação criminosa, homicídio e porte ilegal de armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos