Seul propõe a Pyongyang conversas militares para reduzir tensão

Em Seul

  • Shin Jun-hee/AP Photo

    O vice-ministro de Defesa da Coreia do Sul, Suh Choo-suk, ao falar a jornalistas, nesta segunda-feira (17), sobre a proposta de reunião com a vizinha Coreia do Norte

    O vice-ministro de Defesa da Coreia do Sul, Suh Choo-suk, ao falar a jornalistas, nesta segunda-feira (17), sobre a proposta de reunião com a vizinha Coreia do Norte

O governo da Coreia do Sul propôs nesta segunda-feira (data local) ao regime norte-coreano realizar esta semana conversas militares pela primeira vez em quase três anos para reduzir a tensão em torno da fronteira que separa ambos os países.

Seul propôs uma reunião na próxima sexta-feira (21) na chamada Zona de Segurança Conjunta (JSA, na sigla em inglês), que fica na zona desmilitarizada que funciona como divisão entre Norte e Sul, explicou em coletiva de imprensa o vice-ministro de Defesa Suh Choo-suk.

A proposta - alinhada com a oferta de diálogo planejada recentemente pelo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, em um discurso pronunciado em Berlim - foi feita em um momento marcado pelo aumento da tensão na península coreana com os insistentes testes de armas de Pyongyang.

Coreia: uma península dividida em dois; entenda

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos