Furacão Maria sobe para categoria 3 e pode passar por ilhas do Caribe atingidas pelo Irma

Em Miami

  • NASA via AP

O furacão Maria ganhou intensidade nesta segunda-feira e subiu para a categoria 3 enquanto se aproxima das Pequenas Antilhas com ventos máximos sustentados de 195 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

No boletim das 11h (hora local; 12h em Brasília), o NHC indicou que Maria se encontra 95 quilômetros ao leste de Martinica e 150 quilômetros ao leste-sudeste de Dominica, ambas nas Pequenas Antilhas.

O fenômeno meteorológico, que nesta madrugada já tinha subido para a categoria 2, se desloca para o oeste-noroeste com uma velocidade de 17 km/h.

"Espera-se um rápido fortalecimento adicional de Maria durante os próximos dois dias", com o qual o sistema se transformará em um "perigoso furacão" enquanto se move "pelas Ilhas de Sotavento e o nordeste do Caribe", ressaltou o órgão.

Segundo um provável padrão de trajetória, o centro de Maria se moverá pelas Ilhas de Sotavento até esta noite, para se deslocar na terça-feira pelo nordeste do Caribe e "se aproximar de Porto Rico e das Ilhas Virgens na quarta-feira", detalhou o NHC.

As "perigosas" marés e "destrutivas ondas" geradas por Maria estão afetando todas as Pequenas Antilhas, com aumento do nível da água entre 1,8 metro e 2,7 metros.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos