Americano e canadense são sequestrados no norte da Nigéria

Abuja, 17 jan (EFE).- Um americano e um canadense foram sequestrados por um grupo armado que matou seus dois guarda-costas quando se dirigiam de carro à capital da Nigéria, Abuja, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

Os dois estrangeiros, cuja identidade ainda não foi confirmada, viajavam ontem à tarde de Kaduna (norte) até Abuja quando foram abordados por um comando armado, relatou o porta-voz da Polícia Mukhtar Aliyu.

Nessa mesma estrada também foram sequestrados dois arqueólogos alemães e vários cidadãos nigerianos no ano passado, afirmou Aliyu.

Os sequestros são um problema grave no país, que está se recuperado da pior recessão econômica dos últimos 25 anos.

Estes incidentes são frequentes, sobretudo na região de Delta (sul), onde é extraída a maior parte do petróleo nigeriano, e os principais alvos dos grupos criminosos eram, portanto, empresários estrangeiros da indústria petrolífera.

No entanto, os sequestros têm se estendido a praticamente todas as regiões do país e agora a população local tem sido vítima e forçada a pagar grandes quantidades de dinheiro para a libertação.

Quatro missionários britânicos que trabalhavam na região de Delta foram sequestrados em outubro do ano passado quando estavam fornecendo assistência médica à população e um deles foi assassinado alguns meses depois, segundo as autoridades locais e britânicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos