Forças iraquianas matam 16 terroristas do EI no norte do país

Cairo, 23 jan (EFE).- As forças conjuntas do Iraque mataram 16 terroristas do grupo Estado Islâmico (EI), entre eles dois preparados para cometer atentados suicidas, em confrontos ocorridos na província de Kirkuk, no norte do país, informou nesta terça-feira à Agência Efe o presidente do conselho do município de Al Zab, Mohamed Mohsen.

Os enfrentamentos explodiram ontem à noite em Al Zab entre a milícia sunita Multidão Popular dos Clãs e a polícia local, por uma parte, e os combatentes do EI, por outra, acrescentou Mohsen.

Nos combates ficaram feridos três milicianos, que foram transferidos a um hospital de Kirkuk.

Também foram achados vários túneis que eram usados pelos jihadistas como esconderijo.

Os serviços da Inteligência iraquiana acreditam que muitos remanescentes do EI se entrincheiram nas florestas próximas ao rio Zab.

No último dia 9 de dezembro o primeiro-ministro iraquiano, Haider al Abadi, afirmou que o exército do Iraque deu por finalizada a guerra que fez o país sangrar durante três anos e meio, ao tomar o controle dos últimos redutos que o EI mantinha no território.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos